Tecnologia de ponta para gestão de frotas

Maior transparência da sua operação através de plataformas modulares de roteirização, manutenção, monitoramento e abastecimento.

Crea
Senai
Renault
Inovativa

Nossas soluções


Alinhadas com o conceito de Torre de Controle Logístico, fornecemos ferramentas capazes de economizar seu tempo e otimizar sua operação

Roteirizador

Roteirizador

Otimize as suas rotas em questão de minutos considerando as condições de cada cliente

Monitoramento

Monitoramento

Acompanhe a posição dos seus veículos em tempo real e gere indicadores da sua operação

Manutenção

Manutenção

Receba alertas e controle as ordens de serviço considerando os planos de manutenção de cada veículo

Abastecimento

Abastecimento

Reduza os custos com combustível acompanhando a autonomia da sua frota e histórico de abastecimentos

Roteirizador

Roteirizador

Perfeito para otimização de processos

Garanta a melhor roteirização para sua operação com as funcionalidades do nosso algoritmo personalizado

  • Previsão de custos de rota
  • Roteiros automatizados
  • Redução de consumo do combustível
  • Redução de custo com manutenção
  • Controle de carga em cada viagem
Rastreamento

Monitoramento

Tenha um maior controle da sua operação

Acompanhe a localização da sua frota em tempo real e consulte relatórios de eficiência do seu negócio

  • Limite de velocidade
  • Pontos de parada
  • Horas ligado
    + Horas parado
  • Cercas virtuais
  • Histórico de rotas
  • Acelerações, curvas e frenagens bruscas
Manutenção

Gestão da Manutenção

Maior controle de custos da sua operação logística

Realize o controle das manutenções corretivas e preventivas dos seus veículos e equipamentos para reduzir seus custos

  • Plano de manutenções preventivas
  • Alertas de manutenção
  • Histórico de manutenções
  • Registro de ordem de serviço
  • Controle de custos
  • Indicadores de manutenção
Abastecimento

Gestão de Abastecimento

Tenha um maior controle da sua operação

Realize o controle de abastecimentos dos seus veículos e equipamentos para gerir os seus gastos com combustível

  • Lançamento de abastecimentos pelo App
  • Registro de abastecimento
  • Cálculo de autonomia
  • Dashboard interativo
  • Controle de estoque para postos internos

Empresas que confiam

Maxforte
Unimed
Higtop

Mirasol Nestlé
Milfontes
Biosanear

+ 10.000.000

km monitorados

+ 10

prêmios de inovação

100%

território nacional

Quem já falou da gente

Band
Pequenas Empresas, Grandes Negócios
Tecmundo
Globo News

Fique por dentro

Conheça os Riscos de Abastecer com Combustível Adulterado

Conheça os Riscos de Abastecer com Combustível Adulterado

11 de Novembro de 2019

A ANP (Agencia Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) no seu último Boletim Anual de Fiscalização do Abastecimento apresentou que em torno de **24% dos 18.684 locais fiscalizados foram autuados por algum tipo de infração**. A Agencia informa ainda que desse total 12% das atuações dizem respeito a produtos comercializados fora de especificação. Geralmente esse tipo de combustível vem acompanhado de um preço bastante atrativo, se diferenciando da média do mercado. Contudo, o ganho momentâneo trazido por um combustível mais barato não se compara com os diversos problemas que ele pode gerar. Quando esse ponto é levado para o contexto de uma frota logística os impactos são ainda maiores e desastrosos. Abaixo são apresentados alguns dos principais sinais de que seus veículos podem estar fazendo uso de um combustível de má qualidade. **1. Rendimento** Como geralmente são adicionados elementos químicos que não fazem parte da mistura original do combustível, tais como: solventes, álcool hidratado ou até mesmo água. É comum que o primeiro sinal desse tipo de fraude seja a queda inesperada na autonomia do veículo. Esses elementos que são adicionados não tem o poder de combustão do produto original e além de aumentar o risco de danos à peças e de incêndios irão tornar a sua frota menos produtiva. **2. Ruídos e Odores** É muito importante utilizar os sentidos ao dirigir um veículo, através dessa percepção diversos problemas podem ser identificados, entre eles está a fraude no combustível. O aparecimento de ruídos logo após a saída do posto ou mesmo o odor de querosene são indícios fortíssimos que houve uma contaminação durante o abastecimento. O motor do veículo irá certamente acusar que não está sendo alimentado da maneira devida, a primeira forma de notar este comportamento é através da redução de potência. Mas é possível constatar também que o motor poderá apresentar problemas para funcionar logo no início do dia. Além disso é comum que a luz amarela fique acesa no painel, a atitude correta nesse caso é buscar uma oficina mecânica para analisar o estado do veículo. Esses problemas podem evoluir para danos no sistema de injeção eletrônica, com o derretimento de peças de borracha, em alguns casos podem ser causadas avariais aos pistões além de danos no sistema de escape. **E agora? O que fazer para não passar por esses problemas:** * Abasteça em postos parceiros, que já atuem há algum tempo na região e de bandeira conhecida; * Acompanhe o rendimento dos seus veículos, especialmente se for necessário abastecer em um posto desconhecido; * Observe como o veículo se comporta nas horas e dias imediatamente após o abastecimento; * Guarde todas as notas fiscais de abastecimento, pois, caso constatado o desvio elas serão fundamentais na comprovação do fato ocorrido. Como só se controla o que se mede, o primeiro passo é conhecer o seu processo. A Infleet ciente disso lhe oferece ferramentas que lhe ajudam na gestão da frota para que seus ativos atinjam uma maior durabilidade e seus custos sejam reduzidos. Para solicitar um período de testes completamente gratuito da nossa plataforma de controle de abastecimentos fale com o nosso consultor!

Torne o Motorista seu Aliado

Torne o Motorista seu Aliado

8 de Novembro de 2019

A gestão de frotas não se trata apenas da gestão de indicadores operacionais, como custo por quilômetro, quilometragem percorrida, dados de manutenção, multas e consumo de combustível. O gestor de frotas é, acima de tudo, um gestor de pessoas. É fundamental para o gestor ter bom relacionamento com os motoristas e guiá-los dentro das normas e padrões de direção da empresa, identificando problemas e necessidades que, ao serem atendidas, permitirão uma melhor execução do trabalho. Condutas irregulares dos motoristas podem acarretar problemas graves no desempenho da empresa, tanto nos custos quanto na imagem. Neste post apresentaremos algumas dicas de como melhorar a performance e reduzir os impactos negativos da sua equipe de motorista. **** **IMPACTOS DE CONDUTAS IRREGULARES** **\- Impacto na imagem da empresa:** A maioria dos veículos de frota possui uma identificação ou plotagem, com dados da empresa. Desta forma, o modo inadequado de direção do seu motorista será associado à empresa pelas pessoas que circulam nas ruas, criando uma imagem negativa. Além disso, motoristas que dirigem de modo imprudente tem maior chance de se envolver em acidentes, o que também afetará o nome da empresa. **\- Impacto nos resultados:** A direção fora dos padrões recomendados também afeta diretamente os resultados da empresa. Acelerações, curvas e frenagens bruscas tem impacto direto na vida útil de peças e componentes mecânicos do veículo, de modo que, a direção imprudente do motorista resulta em um maior custo com manutenção e menor vida útil do veículo. Pneus, que representam parcela significativa do custo operacional de uma frota (aproximadamente 18%), se desgastam muito mais rapidamente e o consumo de combustível também se eleva. Outro ponto a se observar é o RPM. Dirigir com o RPM do veículo muito elevado impactará diretamente no consumo de combustível. Como combustível e pneus representam mais de 20% dos custos operacionais de uma frota, os resultados financeiros são prejudicados pela direção imprudente. Por último, existe o impacto financeiro relacionado a avarias e multas, bem como o custo de oportunidade com possíveis negócios perdidos devido a indisponibilidade de veículos na frota. Para reduzir esses impactos é preciso educar os motoristas na direção segura, defensiva e econômica, de modo que ele conduza o veículo da forma mais eficiente possível dentro do trajeto planejado. Porém como fazer isso? **TREINE OS SEUS MOTORISTAS** O treinamento dos motoristas em mecânica veicular, leis de trânsito, política de direção da empresa e direção defensiva é essencial. É muito importante educar e alertar os colaboradores sobre os riscos à segurança e os impactos do modo incoerente de direção para a vida deles e para a organização. Esses treinamentos são importantes para remover hábitos ruins de direção e explicar as possibilidades de economia que podem ser geradas pela direção defensiva. O treinamento também serve como elemento motivacional ao motorista, mostrando que a empresa confia nele e deseja que ele se desenvolva pessoal e profissionalmente, assumindo maiores responsabilidades. **MONITORE O DESEMPENHO** É fundamental acompanhar de perto o trabalho de cada colaborador, monitorando os indicadores de performance para saber quais estão dando o melhor resultado e quais são os problemas enfrentados pela equipe que precisam ser resolvidos. Sistemas de telemetria e rastreamento são grandes aliados do gestor de frotas para esse monitoramento pois, fornecem todas as informações necessárias para que ele avalie e tome as decisões mais efetivas. Algumas informações importante são: * Histórico de viagens; * Quilometragem percorrida; * Veículos utilizados; * Multas e sinistros; * Documentação e treinamentos; * Padrão de direção; * Acelerações, frenagens e curvas bruscas; * Tipo de cargas já transportadas. Essas informações fornecem ao gestor uma visão completa sobre o motorista e permitem identificar os problemas enfrentados por cada um e quais são as suas necessidades para que possam desempenhar melhor o seu trabalho. ![telemetria-infleet-gestao](/img/telemetria-infleet-gestao.png "Telemetria") **PREMIE OS MELHORES MOTORISTAS** Os dados de telemetria permitem ao gestor avaliar quem são os melhores motoristas. É importante valorizar aqueles que apresentam maior desempenho, portanto, premie os motoristas melhores e crie ações para a reciclagem dos motoristas que apresentam os piores desempenhos. **COMO A INFLEET PODE AJUDAR** Trabalhamos com o conceito de torre de controle logístico para fornecer aos seus clientes uma visão completa do estado do seu negócio e pontos de melhoria para contribuir com uma melhor gestão e redução de custos. Nosso sistema de telemetria é capaz de monitorar e informar acelerações, frenagens e curvas bruscas do motorista. **Garanta seu teste grátis!**

Como aumentar a durabilidade do pneu?

Como aumentar a durabilidade do pneu?

7 de Novembro de 2019

Com o cenário de competitividade cada vez mais acirrado é comum que as empresas procurem formas de reduzir os custos das suas operações. No contexto de gestão de frotas em empresas de logística esse cenário não é diferente. O custo com pneus só não é maior que aquele gasto com combustível e manutenções dos veículos de carga. Dessa forma, é importante que organizações que possuem frotas corporativas entendam a necessidade de conhecer e controlar estes custos. **COMPRAR O TIPO DE PNEU CORRETO PARA CADA OPERAÇÃO** O primeiro passo para garantir a maior durabilidade e retorno do seu investimento é adquirir o tipo correto de pneu para a operação de destino. Sendo assim, conhecer os tipos de terreno em que cada veículo rodará em sua rota mais frequentemente é fundamental. Para auxiliar nessa escolha é importante dialogar com os fornecedores e entender que um desconto na compra de um pneu pode custar mais caro do que a economia trazida por um ativo utilizado nas condições corretas para as quais ele foi designado. **CONTROLAR A CALIBRAGEM** Nesse ponto não há segredo, um pneu necessita operar dentro da faixa de pressão estipulada pelo fabricante. Esse controle é importante não apenas para a manutenção do tempo de vida da peça, como também para reduzir os custos de consumo de combustível, visto que pneus que rodam fora da especificação de pressão tendem a reduzir a autonomia do veículo de carga. Um ponto de atenção quando falamos da calibragem é a verificação do balanceamento, garantir que o veículo de carga está estável após todos os pneus estarem com os valores de pressão interna obedecendo às orientações do fabricante, é importante que essa calibragem seja mantida por mais tempo para a segurança da operação, evitando acidentes de trânsito e aumentando o tempo de vida das peças mecânicas e dos pneumáticos. **REGISTRAR HISTÓRICO** Ao entender o pneu não como um bem de consumo e sim como um ativo, você irá perceber que o acompanhamento do histórico deste é importantíssimo para geração de informação e realização de ações preventivas.

 Uma ação simples adotada por diversas empresas consiste em marcar o pneu com um referencial único, junto com isso é importante registrar por quais veículos e em quais posições ele já passou. Dessa forma é possível saber o quanto cada ativo rodou, comparar pneus de diferentes marcas submetidos a condições semelhantes e planejar com base em fatos e dados o melhor momento para realizar suas manutenções. **REALIZAR RODÍZIO** O rodízio é um tema que dialoga bastante com a calibragem e o balanceamento de pneus. É ideal que os pneus sejam do mesmo fabricante e que esta ação seja realizada por um profissional da área mecânica durante os serviços de balanceamento. O objetivo desta prática é equilibrar os desgastes que são diferentes para cada eixo, de forma a melhorar a dirigibilidade tornando a logística menos onerosa e mais segura. Essas dicas são o primeiro passo para que a sua operação ganhe ainda mais eficiência. A Infleet entende que ajudar os seus clientes a desenvolver operações cada vez mais enxutas e organizadas é a melhor forma de desenvolver uma parceria valiosa para ambos. Conheça mais do nosso portfólio e nos deixe saber como podemos tornar a sua operação ainda mais otimizada!